UFBA abre 480 vagas em novos cursos de graduação a distância

Mais informações »

Estão abertas as inscrições para o curso de Especialização em Educação e Tecnologias


Estão abertas as inscrições para o curso de Especialização em Educação e Tecnologias

 

:: participe .:. faça já sua inscrição ::

 

Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), por meio do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Inovação em Educação, Tecnologias e Linguagens (Horizonte), oferecerá o curso de Especialização em Educação e Tecnologias.

O curso pode ser realizado presencialmente ou à distância e é destinado a graduados em qualquer área do conhecimento.

O estudante pode se habilitar nas seguintes áreas:
§  Design Instrucional (Projeto e Desenho Pedagógico)
§  Gestão de Educação à Distância
§  Docência Virtual
§  Mídias na Educação
§  Produção e Uso de Tecnologias para Educação



:. saiba mais .:
Todas as informações sobre a proposta pedagógica, a organização curricular, a metodologia, bem como sobre investimentos, prazos e matrículas estão disponíveisno site do curso.
- Site: http://edutec.ead.ufscar .br
- E-mail: edutec@ead.ufscar.br
- WhatsApp: (16) 981242040

Mais informações »

SOCIALIZANDO: A Equipe de Seminários Acadêmicos de Ensino de Ciências (SAEC) convida

"A equipe dos Seminários Acadêmicos de Ensino de Ciências (SAEC) convida a comunidade da UESC para participar de palestras que ocorrerão em julho.

    A equipe do SAEC atualmente é formada pelos professores Elisa Prestes Massena, Viviane Briccia, Luciana Passos Sá, GeorgeKouzoShinomiya, Christiana Prudêncio, Maxwell Siqueira e Simoni Gehlen, docentes provenientes de três departamentos (DCET, DCB e DCIE). O SAEC teve início em 2010 e tem como objetivo promover a divulgação e o debate sobre as principais pesquisas em Ensino de Ciências, em conexão com os assuntos abordados nas disciplinas de licenciatura dos cursos envolvidos e nas aulas do ensino básico. Ao mesmo tempo intenciona possibilitar o diálogo com pesquisadores renomados na área, como incentivo para o fortalecimento das pesquisas sobre Ensino de Ciências na instituição e em todos os níveis de ensino.
 
    Confira a Programação de julho de 2016.
 
  • Sexta-feira, 15 de Julho

    Local e horário: Auditório do Pav. Max de Menezes, às 14h.
    Título: Compreensão Leitora nas aulas de Ciências
    Palestrante: Prof. Dra. Luciana Sedano – DCIE/UESC
Resumo: A formação de leitores autônomos e competentes é uma meta presente em diferentes sistemas educacionais e almejada nas diversas disciplinas escolares. Nos primeiros anos do Ensino Fundamental, a formalização do processo de leitura se dá junto com a construção de outros conceitos presentes nas áreas de conhecimento. Neste trabalho apresentamos alguns indícios da compreensão leitora em aulas de Ciências. A partir da aplicação de uma sequência de ensino investigativa (SEI), os alunos são convidados a ler os textos apresentados grifando o que consideram serem as idéias principais. Após cada leitura, há uma discussão coletiva, na qual os alunos podem relatar seus destaques e explicar o porquê de cada um deles. Nosso problema de pesquisa parte das leituras que os alunos realizam enquanto trabalham com a SEI. Temos a hipótese de que a estrutura de ensino da referida sequência, aliada à prática em sala de aula de leitura, grifos das ideias principais e discussão sobre a leitura realizada favorecem, por parte do aluno, a construção de relações entre as ideias estudadas texto e aplicadas nas discussões em sala. Acreditamos também que tal relação beneficia a edificação da compreensão leitora. Os dados foram coletados no quarto ano do Ensino Fundamental de nove anos de uma escola pública da cidade de São Paulo. A metodologia desta pesquisa apresenta um enfoque qualitativo e para a análise nos basearemos, dentre outras coisas, na singularidade dos dados, tanto ao investigar os grifos realizados pelos alunos nos textos quanto ao buscar indícios da compreensão leitora na discussão realizada em sala de aula. Os resultados apontam para a valorização do trabalho com leitura nas aulas de Ciências, salientando a capacidade dos alunos de localizar e destacar as ideias principais de textos de divulgação científica. Tais resultados também apresentam e analisam os indícios da compreensão leitora. 
 
  • Sexta-feira, 22 de Julho
Local e horário: Auditório do Pav. Max de Menezes, às 14h.
Título: Team & Project-based approach: Ensinar Física sem exames e sem aulas expositivas.
Palestrante: Profa. Dra. Ana Rita Mota – FCUP - Portugal
Resumo:Um dos maiores desafios para um professor é conseguir que os alunos estejam mentalmente ativos durante as suas aulas. Estudos internacionais revelam que este processo é facilitado quando o professor proporciona tarefas alternadas e sistemáticas, em ambiente colaborativo. Na metodologia Team & Project-based Approach (T&PBA), desenvolvida e implementada por Eric Mazur na Universidade de Harvard, o ambiente de aprendizagem consiste em seis atividades diversificadas  (atividades de estimativa, tutoriais, problemas conceptuais, atividades experimentais...), totalmente colaborativas (PeerInstruction) e segundo o modelo de aulas invertidas (FlippedClassrooms). Neste ambiente há breves momentos de discussão por parte do professor e não existe exame final, apesar dos alunos serem continuamente avaliados e receberem feedback constante. Esta metodologia tem vindo a ganhar expressão em todo o mundo, tendo sido já adotada em vários países, em Universidades de referência, e em diferentes áreas.Nesta palestra, vai ser apresentado e discutido o modeloT&PBA, bem como as tecnologias educativas que facilitam a sua implementação: Learning Catalytics e Perusall.
 
  • Sexta-feira, 29 de Julho
Local e horário: Auditório do Pav. Max de Menezes, às 14h.
Título: Artefatos Culturais e Ciência na Primeira Infância.
Palestrante: Prof. Dr. Luis Paulo de C.Piassi - USP
Resumo:Abordaremos alguns fundamentos teóricos e dimensões práticas da Educação e Comunicação da Ciência para a Primeira Infância (0 a 6 anos), a partir da incorporação de recursos artísticos e midiáticos voltados a esse público, tais como livros e filmes infantis, brinquedos, jogos, etc. Daremos destaque para o aspecto sociocultural da ciência e sua conexão com temas sociais como relações de gênero, direitos animais, ética, entre outros. Apresentaremos alguns resultados práticos encaminhados pela iniciativa JOANINHA, vinculada ao projeto BANCA DA CIÊNCIA.

Coordenação SAEC"
Mais informações »

Comunicado de Recesso junino da UNEB

Mais informações »

SIOCIALIAZANDO CURSO DE DE SPECIALIZAÇÃO UNEB CAMPUS X


Mais informações »

FORRÓ E ENCERRAMENTO DO SEMESTRE DA TURMA DE PEDAGOGIA UNEB 2015.1

LEIA A REPORTAGEM EM http://www.cocobongo.com.br/news/news.php?id=12764&sess=12



Mais informações »
Postagens mais antigas Página inicial